Bolsonaro diz que Brasil ‘está de parabéns’ pela forma como preserva o meio ambiente

Foto: Reprodução/TV Brasil


© G1 Paraíba

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que o Brasil “está de parabéns” pela forma como preserva o meio ambiente, nesta quinta-feira (17). A declaração foi dada na cidade de Coremas, no Sertão da Paraíba, durante a inauguração de um complexo de produção de energia solar.

Bolsonaro afirmou que grande parte da matriz energética do país vem de fontes renováveis, como hidroelétricas, usinas eólicas e solares e biomassa.

A declaração foi feita no momento em que o Pantanal vive o mês de setembro com mais focos de incêndio desde o início da série histórica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em 1998: foram 5.603 focos de calor detectados em apenas 16 dias, contra 5.498 registrados no mês inteiro de setembro em 2007 – o recorde para o mês até este ano.

Na terça-feira (15), oito países europeus enviaram uma carta ao vice-presidente da República, Hamilton Mourão, em que dizem que o aumento do desmatamento dificulta a compra de produtos brasileiros por consumidores do continente.

Visita à Paraíba

A visita de Bolsonaro à Paraíba nesta quinta é a segunda desde que ele foi eleito. A primeira foi em novembro de 2019, em Campina Grande.

Bolsonaro desembarcou no aeroporto de Juazeiro do Norte, no Ceará, para visitar a Paraíba e chegou em Coremas de helicóptero por volta das 9h30. O evento começou às 12h, e o presidente participou sem máscara, assim como quase todos os presentes no palanque, apesar de um decreto estadual obrigar o uso do equipamento de proteção em locais públicos em todo o estado.

Batizada de Complexo Solar de Coremas, a obra inaugurada pelo presidente é de iniciativa do setor privado, numa parceria da empresa dinamarquesa Nordic Power Partners e da desenvolvedora brasileira Rio Alto Energia, mas tem apoio do Ministério de Minas e Energia e financiamento do Banco do Nordeste, do governo federal.

O complexo já está em operação, com três fases já em funcionamento. A inauguração marca o início, em setembro, de mais cinco fases do projeto.

O investimento total do projeto foi de R$ 482 milhões, contando com R$ 287 milhões do Banco do Nordeste e R$ 195 milhões da empresa dinamarquesa.

- Publicidade -